En
 
   English Português  
AIM HZM 0,33 GBX
TSX HZM 0,01 CAD
Desenvolver o projeto de níquel principal seguinte no Brasil

Please note that the Company was placed into Administration on 16 May 2024 and Chad Griffin and Geoff Rowley of FRP Advisory were appointed as Joint Administrators.

The Joint Administrators will be winding-down the Company’s operations following which it will cease trading.

Should you have any queries regarding the administration, you can contact the Joint Administrators on hzmplc@frpadvisory.com.

The Joint Administrators act as agents of the Company and without personal liability.

The Company entered Administration on 16 May 2024. The affairs, business and property of the Company are being managed by the appointed Joint Administrators Chad Griffin and Geoffrey Paul Rowley.




A Araguaia Níquel Metais Ltda. informa que, em 10/06/2024, apresentou pedido de homologação de Plano de Recuperação Extrajudicial, que foi distribuído à 2ª Vara Empresarial da Comarca de Belo Horizonte. O Plano contempla as diretrizes para a reestruturação da dívida da empresa e já conta com adesão suficiente para o ajuizamento do pedido, estando sujeito à aprovação da maioria dos credores e à homologação do Juízo da Recuperação Extrajudicial.

A íntegra do plano é pública e está disponível pelo link: https://horizonteminerals.com/news/pt_20240612-plano-de-recuperacao-extrajudicial.pdf.

Verificando a presença dos requisitos legais, o MMº Juiz da 2ª Vara Empresarial deu encaminhamento à Recuperação Extrajudicial e determinou a suspensão de todas as execuções e penhoras contra a Araguaia.

A reestruturação da empresa, com a consequente conclusão das obras de implantação do Projeto Araguaia, depende da viabilização de novas fontes de financiamento, estando a Araguaia Níquel empenhando todos os esforços para que isso ocorra até agosto de 2024.

 

Queda histórica em estoque de níquel

Quase 25.000 toneladas de níquel foram retiradas dos armazéns da London Market Exchange (LME) na semana passada, o maior declínio nos 40 anos de história do contrato de níquel da LME. E o mergulho recorde continua nesta semana. Os estoques da LME caíram ainda mais nessa semana, com um recorde de 8.000 toneladas retiradas dos estoques na terça-feira, dia 8/10 (LME).

Ontem, os estoques de níquel da LME estavam em 108.000 toneladas (LME) e os bancos prevêem que esse número continue caindo para cerca de 75.000 toneladas nos próximos dias (dados publicados pelo ING Group, conforme citado nas notas diária do SP Angel).

O Tsingshan Holding Group Co. da China, o maior produtor de aço inoxidável do mundo, foi considerado uma das principais motivações por trás desse rebaixamento nos inventários de níquel da LME na semana passada (Bloomberg). A próxima proibição de exportação de minério de níquel pela Indonésia, que deve ocorrer em janeiro de 2020, levou com que os fabricantes de aço inoxidável, preocupados com suprimentos e os estoques de níquel, comprarem níquel a granel em curto tempo.

A queda nos estoques de níquel é um bom presságio para quem investe em níquel. Enquanto as empresas de aço inoxidável estão comprando níquel, os fabricantes de baterias de veículos elétricos também sentirão a pressão, pois confiam mais no fornecimento de níquel para alimentar a revolução dos veículos elétricos.

Fontes:
LME
SP Angel
Bloomberg



Voltar Para Notícias