En
 
   English Português  
AIM: HZM 8,75 GBX
TSX: HZM 0,17 CAD
Desenvolver o projeto de níquel principal seguinte no Brasil

AÇO INOXIDÁVEL

Aproximadamente dois terços da produção global de níquel são usados para produzir aço inoxidável. O ferroníquel é preferido por usinas de aço inoxidável por conter ferro. Os materiais que contêm níquel desempenham um papel importante em nossa vida cotidiana, incluindo talheres e outros utensílios para preparação de alimentos, telefones celulares, equipamentos médicos, transporte, construções e geração de energia. Os materiais que contêm níquel são selecionados porque - em comparação com outros materiais - oferecem melhor resistência à corrosão, melhor tenacidade, melhor resistência a altas e baixas temperaturas e uma variedade de propriedades magnéticas e eletrônicas especiais.

O aço inoxidável é um mercado confiável e de crescimento constante que tem continuado a crescer ~4% ano após ano. Prevê-se que a produção mundial de aço inoxidável aumente 2,5% ao ano durante o período de 2020-2040 (Taxa de Crescimento Anual Composta). Espera-se que a demanda de aço da China aumente 8% em 2020, favorecida pelo estímulo de infraestrutura governamental e por um forte mercado imobiliário. A forte recuperação da China desde o final de fevereiro, que continua em ritmo constante, sugere um crescimento positivo do PIB em 2020, apesar de uma contração de -6,8% no primeiro trimestre. Esta forte recuperação na China mitigará a redução na demanda global de aço, devido à pandemia de Covid.

O Projeto Araguaia, de ferroníquel e 100% de propriedade da Horizonte, foi desenvolvido para abastecer a indústria de aço inoxidável. O Projeto possui um Estudo de Viabilidade completo e está totalmente licenciado. O Caso Base da Fase 1 para o Estudo de Viabilidade do Projeto Araguaia foi de US$ 14.000, no entanto, com base no preço de consenso do níquel a longo prazo de US$ 16.400, o VPL do projeto é de US$ 691 milhões, gerando um fluxo de caixa livre de mais de US$ 2,9 bilhões, resultando em uma TIR de 27%.

Os investidores podem simular seu próprio preço do níquel na nossa calculadora de VPL na página do Projeto Araguaia.


Fontes:
Instituto do Níquel
Estudo de Viabilidade do Araguaia

Switch to desktop view