En
 
   English Português  
AIM HZM 7,95 GBX
TSX HZM 0,14 CAD
Desenvolver o projeto de níquel principal seguinte no Brasil

ALTA DIREÇÃO

Nossa equipe de gestão tem ampla experiência nos setores de pesquisa e mineração, demonstrando força e diversidade.

Simon Retter
Secretário Societário e CFOBSc (hons), ACA.
Simon Retter possui ampla experiência em mercados públicos e na área de mineração, especialmente, incorporação reversa, IPOs (abertura de capital) e captação de recursos secundários. Iniciou sua carreira na Deloitte and Touche LLP onde se qualificou como contador oficial e posteriormente trabalhou para diversas empresas de exploração e mineração listadas na bolsa de valores de Londres com operações em outros países.

Pedro Rodrigues
Diretor do Projeto AraguaiaBSc. Eng.
O engenheiro civil Pedro Rodrigues é brasileiro, com mais de 30 anos de experiência em gestão de projetos e engenharia civil em projetos de mineração no Brasil, Chile, África e Peru. Ele possui vasta experiência em projetos, principalmente tendo trabalhado como Diretor de Projetos na MMG, onde gerenciou o projeto Las Bambas de US$ 7 bilhões de dólares no Peru, projeto este que entrou em produção antes do prazo e abaixo do orçamento previsto. Suas experiências incluem outros grandes projetos de mineração, onde atuou como Diretor de Projetos ou em posições equivalentes, como: Mina Justa, Cerro Verde, Cerro Corona, Antamina, Tenke Fungurumi, Yanacocha. Também participou em projetos de instalações de tratamento de água e efluentes no Brasil. Em sua carreira profissional contribuiu com consultorias de engenharia como a Jacobs e MWH (atual Stantec) em vários projetos industriais nas fases de Estudos de Pré-Viabilidade, Estudo de Viabilidade e EPCM (Engenharia, Suprimentos, Controle e Gerenciamento) em todo o mundo.

Katie Millar
Head of Meio Ambiente, Social e Governança (ESG) e ComunicaçãoMBA, BA, PG Dip..
Katie Millar é especialista em responsabilidade corporativa com ampla experiência em desenvolvimento social, licenciamento e política. Possui MBA pela IE Business School (Espanha), pós-graduação pela Queensland University of Technology (Austrália) e graduação em Ciência Política pela University of Queensland. Sua experiência inclui ter trabalhado para o governo australiano (federal e estadual), Anglo American plc (carvão metalúrgico) e Anglo American Brasil (metais básicos). Tem conhecimento sobre os Padrões de Desempenho IFC, Princípios do Equador, Global Reporting Initiative (GRI), Resoluções CONAMA e ISO 14001. Também tem conhecimento em projetos de grande capital, operações industriais e políticas públicas. É fluente em português e trabalhou no Brasil por aproximadamente 7 anos.

Antonio Valério da Silva
Diretor, BrasilBSc.
Antônio Valério da Silva é brasileiro, geólogo e tem mais de 35 anos de experiência no setor de mineração. Trabalhou durante cinco anos no Ministério de Minas e Energia, onde desenvolveu profundo conhecimento sobre o Código Brasileiro de Mineração e obrigações associadas a essa legislação. Posteriormente, trabalhou, durante 11 anos, para empresas de consultoria em diversos projetos na região amazônica do Brasil, incluindo um período na Docegeo, braço de pesquisa da Vale, e Empresas Nucleares Brasileiras, empresa governamental de pesquisa mineral nuclear. Desde 1983, atua como consultor para uma série de empresas locais de mineração e, em 1986, foi co-fundador da MVR, que tem trabalhado com empresas como BHP, AngloGold Ashanti e, mais recentemente, GoldCorp Inc. É graduado pela Universidade Estadual do Pará e mora em Belém, Brasil. É um dos representantes legais das subsidiárias brasileiras do Grupo Horizonte.

Fabiano Araujo
Country Manager — Brasil — BSc. Eng., Mba, FAusimm.
Fabiano Araujo é engenheiro de minas com mais de 27 anos de experiência em operações de mineração e implantação de projetos no Brasil, América do Norte e África. Ocupou cargos executivos e técnicos em importantes mineradoras e consultorias internacionais, incluindo a Vale, ArcelorMittal/ Londres, Anglo American e Snowden. Possui extensa experiência em conduzir projetos de grande capital, desde o estudo de viabilidade até o comissionamento e produção. Tem conhecimento dos códigos internacionais de relatórios de mineração. Também tem experiência como consultor em bancos de investimento no Brasil e América Latina. É membro do Australian Institute of Mining and Metallurgy (Instituto Australiano de Mineração e Metalurgia) e possui pós-graduação em Economia e Planejamento de Mina.

Anthony Finch
Gerente de EstudosB Eng (Min), B Econ, MAusIMM (CPMin), P Eng. (APEGBC).
Anthony Finch é engenheiro de minas com mais de 30 anos de experiência em engenharia de minas, gestão de operações de mineração e serviços de consultoria de mineração. A carreira em operações de mineração de Anthony vai desde a engenharia de produção ao gerenciamento de minas. Além disso, forneceu serviços técnicos de consultoria de engenharia de minas ao redor do mundo em uma vasta gama de commodities e minas a céu aberto e subterrâneas. Anthony liderou e participou de diversos estudos de mineração, desde a definição do escopo até estudos de viabilidade completos para diversos tipos de commodities, jurisdições e métodos de mineração. Possui competências em planejamento de minas, desenho e programação de minas, avaliações econômicas, gerenciamento de minas, otimização de minas, due diligence, auditoria, fusões e aquisições, gerenciamento de projetos, desenvolvimento de tecnologia e consultoria de negócios. Anthony é um profissional competente e qualificado em um grande número de commodities, jurisdições e métodos de mineração, além de ter publicado artigos em otimização de minas e tecnologia de minas.

Michael Drake
Head of ProjectsB Eng, MBA.
Michael é Engenheiro Mecânico com ampla experiência internacional de liderança na construção, operação e otimização de médios e grandes projetos de capital, com ampla experiência tanto em operações de ferroníquel como de lixiviação ácida de níquel. Antes da Horizonte, Michael trabalhou na BHP, na Newcrest Mining e na WMC Resources. Na BHP, Michael liderou a reforma da linha de produção de ferroníquel de Cerro Matoso, na Colômbia, no valor de US$ 350 milhões, com uma reconstrução completa do forno. Como Vice-Presidente de Projetos e Engenharia na Nickel West, ele foi responsável pela implementação de um programa de investimento de capital de US$ 5 bilhões, e liderou a fase de ramp-up da operação de níquel Ravensthorpe, na Austrália. Michael é formado pela Curtin University e tem MBA pela University of Western Australia.