En
 
   English Português  
AIM HZM 0,33 GBX
TSX HZM 0,01 CAD
Desenvolver o projeto de níquel principal seguinte no Brasil

Please note that the Company was placed into Administration on 16 May 2024 and Chad Griffin and Geoff Rowley of FRP Advisory were appointed as Joint Administrators.

The Joint Administrators will be winding-down the Company’s operations following which it will cease trading.

Should you have any queries regarding the administration, you can contact the Joint Administrators on hzmplc@frpadvisory.com.

The Joint Administrators act as agents of the Company and without personal liability.

The Company entered Administration on 16 May 2024. The affairs, business and property of the Company are being managed by the appointed Joint Administrators Chad Griffin and Geoffrey Paul Rowley.




A Araguaia Níquel Metais Ltda. informa que, em 10/06/2024, apresentou pedido de homologação de Plano de Recuperação Extrajudicial, que foi distribuído à 2ª Vara Empresarial da Comarca de Belo Horizonte. O Plano contempla as diretrizes para a reestruturação da dívida da empresa e já conta com adesão suficiente para o ajuizamento do pedido, estando sujeito à aprovação da maioria dos credores e à homologação do Juízo da Recuperação Extrajudicial.

A íntegra do plano é pública e está disponível pelo link: https://horizonteminerals.com/news/pt_20240612-plano-de-recuperacao-extrajudicial.pdf.

Verificando a presença dos requisitos legais, o MMº Juiz da 2ª Vara Empresarial deu encaminhamento à Recuperação Extrajudicial e determinou a suspensão de todas as execuções e penhoras contra a Araguaia.

A reestruturação da empresa, com a consequente conclusão das obras de implantação do Projeto Araguaia, depende da viabilização de novas fontes de financiamento, estando a Araguaia Níquel empenhando todos os esforços para que isso ocorra até agosto de 2024.

 

Conheça a Nossa Equipe: Carla Patrícia Marrafon Aiala

Carla Patrícia Marrafon Aiala
Técnica em Mineração

Experiência: Carla fez curso técnico em Mineração e graduação em Gestão Ambiental. Ela entrou na Horizonte em 2017 por meio do programa de estágio da Empresa.

Hobbies: Ficar com a família e os amigos, ler livros e assistir filmes de suspense.

Conte-nos sobre a sua função na Horizonte.
Eu faço parte da equipe de Sustentabilidade e sou responsável pelas atividades de monitoramento ambiental da Horizonte. Além de Meio Ambiente, Sustentabilidade também engloba Saúde e Segurança e a parte Social, portanto eu tenho o privilégio de trabalhar com diversos departamentos da Empresa, como colaboradora e às vezes até como desenvolvedora de projetos. Por exemplo, eu fui responsável pelo treinamento de integração de segurança, e desenvolvi um projeto de prevenção ao abuso infantil em Conceição do Araguaia, em parceria com escolas públicas, entidades governamentais e a polícia militar. Além disso, eu presto apoio, no campo, aos consultores que prestam serviços para a Horizonte, por exemplo durante os estudos arqueológicos, e isso é sem dúvida uma experiência sensacional. Tenho contato com profissionais altamente capacitados das mais diversas áreas, com os mais diversos tipos de estudos e metodologias... é simplesmente fascinante!

O que mais te anima nos projetos da Horizonte?
A visão geral da Empresa é se tornar uma das líderes na produção de níquel. Para concretizar essa visão, a Empresa emprega muitos profissionais entre os mais talentosos do setor. Trabalhar com essa equipe é uma oportunidade ímpar pois estou aprendendo com os melhores. Já enquanto cidadã araguaiana, é animador ter projetos tão grandes e interessantes na região, pois são catalisadores para mudanças positivas e para o desenvolvimento. O compromisso da Horizonte com a responsabilidade social também é importante, gerando maior confiança por parte da comunidade local quanto à Empresa e suas atividades. Tenho o privilégio de fazer parte de tudo isso.

O que a fez querer trabalhar no setor de mineração?
Nasci em São Paulo, mas me mudei para Conceição do Araguaia em 2007. Quando ouvi falar sobre uma empresa mineradora na região, imaginei que ela poderia me oferecer uma boa oportunidade. Então decidi fazer um curso de graduação em Gestão Ambiental e complementei meu conhecimento com um curso técnico em Mineração, que me permitiu participar do programa de estágio da Horizonte. Eu me interesso em como o setor de mineração vai integrar a inovação e o desenvolvimento tecnológico no esforço para impulsionar a sustentabilidade e promover o desenvolvimento sustentável. É um desafio que me sinto entusiasmada por fazer parte na Horizonte.



Voltar Para Notícias