En
 
   English Português  
AIM HZM 155,00 GBX
TSX HZM 2,50 CAD
Desenvolver o projeto de níquel principal seguinte no Brasil
01/12/2022 Download .pdf version

HORIZONTE MINERALS PLC ESTABELECE CONTRATOS PORTUÁRIOS
PARA O PROJETO ARAGUAIA NÍQUEL, CONDIÇÃO-CHAVE EXIGIDA PARA REDUÇÃO DO PACOTE DE FINANCIAMENTO DA DÍVIDA

Destaques:

  • Dois contratos portuários assinados por um período mínimo de 5 anos para cobrir consumos de entrada e produto de ferro níquel de saída pelo Porto de Vila do Conde;  
  • Custos de operação portuária em linha com estudo de viabilidade com sinergias por meio de cargas de entrada para o site e cargas de retorno para o porto;
  • O Porto de Vila do Conde estabeleceu instalações de transferência e armazéns alfandegados para que não haver necessidade de capital adicional para desenvolver as instalações. 

Horizonte Minerals Plc (AIM/TSX: HZM) ("Horizonte" ou a "Empresa") tem o prazer de anunciar que firmou dois acordos portuários de longo prazo, garantindo o acesso para a importação de matérias-primas necessárias e a exportação de produto final de ferro-níquel, para seu Projeto Araguaia Níquel, 100% de propriedade da empresa ("Araguaia" ou "o Projeto") no Brasil, onde a construção está em andamento e a produção continua com previsão para o primeiro trimestre de 2024.  

Os contratos foram adjudicados ao Grupo Atlantica Matapi (Matapi) e Santos Brasil Tecon Vila do Conde (Tecon), ambos operadores estabelecidos no Porto de Vila do Conde, no Pará. Os contratos de cinco anos (com opção de prorrogação por mais cinco anos) estão alinhados com o custo de viabilidade da Horizonte Minerals, uma vez ajustado para a taxa de câmbio e representam outro marco fundamental para redução de risco do projeto.

Além de ser o porto mais próximo da região do Araguaia, Vila do Conde também oferece serviços de entreposto alfandegado, áreas de desembarque, carga e armazenagem de acordo com as necessidades operacionais. Além disso, ao garantir o mesmo porto para ambos os contratos, há sinergias de operação por meio do transporte de materiais de consumo e produtos de ferroníquel, permitindo que as viagens de ida e volta sejam utilizadas, maximizando a economia de custos.

Jeremy Martin, CEO da Horizonte Minerals, comentou:

“À medida que nos aproximamos de nossa primeira redução de dívida, esses contratos portuários são uma condição fundamental para acessar a linha de crédito, outro exemplo do progresso que estamos fazendo em termos de redução de risco do Projeto.

"A cada nova parceria que firmamos, damos mais um passo para permitir todo o potencial no Araguaia, e de forma mais ampla em todo o portfólio da Horizonte Minerals, para realizarmos nosso objetivo de nos tornarmos um produtor de níquel de baixo custo".

SOBRE TECON E MATAPI

A Santos Brasil Tecon Vila do Conde (Tecon) possui alguns dos maiores e mais completos complexos logísticos do Brasil, responsáveis por 18% de toda a movimentação de contêineres e cargas do país. Opera o maior terminal de contêineres da América Latina e é um dos três mais eficientes do Brasil.  Seus principais clientes são Vale, Votoratim Metais e Norsk Hydro.

O Grupo Atlantica Matapi (Matapi) é um dos principais operadores portuários do norte do Brasil, com vários portos operacionais. Possui o maior terminal privado com ampla infraestrutura e capacidade para até 160.000 toneladas de armazenamento. Seus principais clientes são Vale, Votoratim Metais e Alunorte.

SOBRE A HORIZONTE MINERAIS

A Horizonte Minerals plc (AIM & TSX: HZM) está desenvolvendo dois projetos Classe 1, 100% de sua propriedade no estado do Pará: o Projeto Araguaia Níquel e o Projeto Vermelho de Níquel e Cobalto. Ambos de grande escala, alta qualidade, baixo custo, baixo carbono e escaláveis.  O Projeto Araguaia está em construção, com o primeiro metal previsto para o início de 2024. Quando estiver com as Linhas 1 e 2 em fase de produção, produzirá 29 mil toneladas de níquel por ano. O Projeto Vermelho está em fase de Estudo de Viabilidade e produzirá 25 mil toneladas de níquel e 1.250 toneladas de cobalto para abastecer o mercado de baterias de veículos elétricos. O perfil de produção combinado de curto prazo da Horizonte Minerals é de mais de 60.000 toneladas de níquel por ano, o que posiciona a Companhia como um produtor de níquel relevante globalmente. Os três principais acionistas da Horizonte Minerals são La Mancha Investments S.à r.l., Glencore plc e Orion Resource Partners LLP. 

Para mais informações, visite www.horizonteminerals.com.br
Assessoria de Imprensa - InPress Porter Novelli
Taís Barros/Sheila Angelis – (11) 3330-3815
horizonteminerals@inpresspni.com.br

DECLARAÇÃO DE CAUTELA SOBRE AS INFORMAÇÕES PROSPECTIVAS

Com exceção das declarações de fatos históricos relacionados à Empresa, certas informações contidas neste comunicado à imprensa constituem "informações prospectivas" sob a legislação de valores proprietários canadenses. As informações prospectivas incluem, mas não se limitam à capacidade da Empresa de concluir a aquisição de equipamentos conforme descrito neste documento, declarações com relação ao potencial dos projetos de propriedade mineral atuais ou futuros da Empresa; a capacidade da Companhia de concluir, dentro do prazo, um estudo de viabilidade positivo em relação à segunda linha RKEF no Araguaia, ou de todo, o sucesso das atividades de exploração e mineração; custo e prazo da exploração, produção e desenvolvimento futuros; os custos e o prazo de entrega dos equipamentos a serem adquiridos, conforme descrito neste documento, a estimativa de recursos e reservas minerais e a capacidade da Companhia de atingir suas metas em relação ao crescimento de seus recursos minerais; a realização de estimativas de recursos minerais e reservas e a obtenção de produção de acordo com o perfil de produção potencial da Companhia ou não. Geralmente, as informações prospectivas podem ser identificadas pelo uso de terminologia prospectiva, como "planeja", "espera" ou "não espera", "é esperado", "orçamento", "programado", "estimativa", "previsões", "pretende", "antecipa" ou "não antecipa", ou "acredita", ou variações de tais palavras e frases ou declarações de que certas ações, eventos ou resultados "podem", "poderiam", "seriam", "poderiam" ou "serão tomadas”, “ocorrem" ou "serão alcançadas". As informações prospectivas baseiam-se nas suposições, estimativas, análises e opiniões razoáveis da administração feitas à luz de sua experiência e sua percepção de tendências, condições atuais e desenvolvimentos esperados, bem como outros fatores que a administração acredita serem relevantes e razoáveis nas circunstâncias na data em que tais declarações são feitas, e estão inerentemente sujeitas a riscos conhecidos e desconhecidos,  incertezas e outros fatores que podem fazer com que os resultados reais, o nível de atividade, o desempenho ou as realizações da Empresa sejam materialmente diferentes daqueles expressos ou implícitos por tais informações prospectivas, incluindo, entre outros, riscos relacionados à incapacidade da Empresa de concluir a aquisição de equipamentos aqui contemplados no prazo,  a capacidade da Companhia de concluir um estudo de viabilidade positivo quanto à implantação de uma segunda linha RKEF no Araguaia no cronograma contemplado ou, de todo, riscos de exploração e mineração, concorrência de empresas com maior capital; a falta de experiência da Companhia em relação às operações de mineração em estágio de desenvolvimento; flutuações nos preços dos metais; riscos não segurados; requisitos ambientais e outros requisitos regulamentares; Licenças de exploração, extração de minérios e outras; as obrigações de pagamentos futuros da Empresa; potenciais disputas com relação ao título da Companhia e à área de suas concessões de mineração; a dependência da Companhia de sua capacidade de obter financiamento suficiente no futuro; a dependência da Companhia de suas relações com terceiros; as joint ventures da Companhia; o potencial de flutuações cambiais e instabilidade política ou econômica nos países em que a Companhia opera; flutuações cambiais; a capacidade da Empresa de gerir o seu crescimento de forma eficaz; o mercado de negociação das ações ordinárias da Companhia; incerteza em relação aos planos da Companhia de continuar a desenvolver suas operações e novos projetos; a dependência da Companhia em uma pessoa-chave; possíveis conflitos de interesse de diretores e diretoras da Companhia, e diversos riscos associados ao arcabouço legal e regulatório em que a Companhia atua, juntamente com os riscos identificados e relatados no registro de divulgação da Companhia disponível no perfil da Companhia no site do SEDAR: www.sedar.com,  incluindo, sem limitação, o formulário de informação anual da Companhia para o exercício finalizado em 31 de dezembro de 2021, o Relatório Araguaia e o Relatório Vermelho. Embora a administração da Empresa tenha tentado identificar fatores importantes que poderiam fazer com que os resultados reais diferissem materialmente daqueles contidos nas informações prospectivas, pode haver outros fatores que façam com que os resultados não sejam os esperados, estimados ou pretendidos. Não pode haver garantia de que tais declarações se provarão precisas, pois os resultados reais e os eventos futuros podem diferir materialmente daqueles previstos em tais declarações.