En
 
   English Português  
AIM HZM 155,00 GBX
TSX HZM 2,50 CAD
Desenvolver o projeto de níquel principal seguinte no Brasil
08/12/2022 Download .pdf version

HORIZONTE MINERALS PLC COMPLETA O PRIMEIRO SAQUE
 DE LINHAS DE CRÉDITO SÊNIOR NO VALOR DE US$ 346 MILHÕES

 Destaques:

  • Todas as condições precedentes para a primeira utilização das Linhas de Crédito Sênior foram satisfeitas, um marco importante para reduzir o risco do Projeto Araguaia Níquel e atender a todos os requisitos dos Credores Sênior;
  • Primeira parcela de fundos recebidos dos credores seniores e ambas as garantias das Agências de Crédito à Exportação ("ECA") entram em vigor e,
  • Horizonte Minerals também atendeu todas as condições precedentes em relação ao anteriormente anunciado Cost Overrun Debt Facility (o "COF") e, portanto, recebeu todos os fundos COF do Fundo OMF III ("Orion")

A Horizonte Minerals Plc (AIM/TSX: HZM) ("Horizonte" ou a "Empresa") tem o prazer de anunciar que atendeu todas as condições precedentes para a primeira utilização das linhas de crédito do Project Finance no valor de US$346,2 milhões (as "Linhas de crédito sênior"), como anunciado em março de 2022. É importante ressaltar que a Empresa está agora recebendo a primeira parcela de fundos dos Credores Sênior. Este importante marco desbloqueia o financiamento necessário para completar a construção, o comissionamento e o ramp-up do Projeto Araguaia Níquel, 100% de sua propriedade no Brasil, com construção em andamento e o progresso dentro do cronograma previsto. 

Além disso, a Horizonte Minerals também satisfez todas as condições precedentes em relação à utilização do COF e recebeu integralmente os US$25 milhões de financiamento do COF da Orion.

Jeremy Martin, CEO da Horizonte Minerals, comentou:

“Este marco significativo para a Horizonte Minerals é o resultado de um esforço de muitos anos para reduzir suficientemente o risco do Projeto Araguaia Níquel para acessar financiamento de baixo custo em forma de dívida junto a um sindicato de importantes instituições financeiras internacionais. O rigoroso processo de due diligence e a extensa lista de obrigações que a Horizonte foi obrigada a cumprir para acessar esse financiamento devem fornecer a todos os nossos stakeholders confiança na robustez do Projeto.

"Isso demonstra que fizemos progressos significativos na construção e fomos capazes de satisfazer os credores seniores que temos, entre outros, i) mostrado que o  Projeto Araguaia está totalmente financiado até a conclusão e primeiros fluxos de caixa operacionais; ii) fizemos progressos significativos na construção, em linha com o cronograma; iii) adjudicamos todos os principais contratos, incluindo fornecimento de equipamentos, EPCM (Engineering, Procurement and Construction Management), acesso ao porto e fornecimento de energia; iv) temos um contrato de vendas de longo prazo para 100% da produção do Araguaia da linha 1 com uma contraparte de alta qualidade: Glencore; e por último, v) construímos uma equipe de alta qualidade para entregar o Projeto.

"Nossa equipe continua fazendo progressos sólidos no site e seguimos trabalhando para atingir nosso objetivo de nos tornarmos um produtor de níquel de baixo custo”.

Sobre os instrumentos da dívida sênior
As Linhas de Crédito Sênior foram executadas entre Araguaia Niquel Metais LTDA, uma subsidiária integral da Horizonte, e um sindicato de instituições financeiras internacionais (BNP Paribas, BNP Paribas Fortis, ING Capital LLC, ING Bank N.V., Natixis, New York Branch, Société Générale e SEK, Swedish Export Credit Corporation), que juntos formam os "Credores Sênior". As Linhas de Crédito Sênior compreendem uma parcela comercial de US$200 milhões e uma parcela de US$146,2 milhões que está sendo garantida por duas agências de crédito à exportação (ECA - a EKF, Agência de Crédito à Exportação da Dinamarca e a Finnvera plc, Agência de Crédito à Exportação da Finlândia).

SOBRE A HORIZONTE MINERAIS
A Horizonte Minerals plc (AIM & TSX: HZM) está desenvolvendo dois projetos Classe 1, 100% de sua propriedade no Estado do Pará: o Projeto Araguaia Níquel e o Projeto Vermelho de Níquel e Cobalto. Ambos de grande escala, alta qualidade, baixo custo, baixo carbono e escaláveis.  O Projeto Araguaia está em construção, com o primeiro metal previsto para o início de 2024. Quando estiver com as Linhas 1 e 2 em fase de produção, produzirá 29.000 toneladas de níquel por ano. O Projeto Vermelho de Níquel e Cobalto está em fase de Estudo de Viabilidade e produzirá 25 mil toneladas de níquel e 1.250 toneladas de cobalto para abastecer o mercado de baterias de veículos elétricos. O perfil de produção combinado de curto prazo da Horizonte Minerals é de mais de 60.000 toneladas de níquel por ano, o que posiciona a Companhia como um produtor de níquel relevante globalmente. Os três principais acionistas da Horizonte Minerals são La Mancha Investments S.à r.l., Glencore plc e Orion Resource Partners LLP. 

Para mais informações, visite www.horizonteminerals.com.br

Assessoria de Imprensa - InPress Porter Novelli
Taís Barros/Sheila Angelis – (11) 3330-3815
horizonteminerals@inpresspni.com.br

DECLARAÇÃO DE ADVERTÊNCIA SOBRE AS INFORMAÇÕES PROSPECTIVAS
Com exceção das declarações de fatos históricos relacionados à Empresa, certas informações contidas neste comunicado à imprensa constituem "informações prospectivas" sob a legislação canadense de valores mobiliários. As informações prospectivas incluem, mas não se limitam à capacidade da Empresa de concluir a aquisição de equipamentos conforme descrito neste documento, declarações com relação ao potencial dos projetos minerais atuais ou futuros da Empresa; a capacidade da Empresa de concluir, dentro do prazo, um estudo de viabilidade positivo em relação à segunda linha RKEF no Araguaia, ou de todo, o sucesso das atividades de exploração e mineração; custo e prazo da exploração, produção e desenvolvimento futuros; os custos e o prazo de entrega dos equipamentos a serem adquiridos, conforme descrito neste documento, a estimativa de recursos e reservas minerais e a capacidade da Companhia de atingir suas metas em relação ao crescimento de seus recursos minerais; a realização de estimativas de recursos minerais e reservas e a obtenção de produção de acordo com o perfil de produção potencial da Companhia ou não. Geralmente, as informações prospectivas podem ser identificadas pelo uso de terminologia prospectiva, como "planeja", "espera" ou "não espera", "é esperado", "orçamento", "programado", "estimativa", "previsões", "pretende", "antecipa" ou "não antecipa", ou "acredita", ou variações de tais palavras e frases ou declarações de que certas ações, eventos ou resultados "podem", "poderiam", "seriam", "poderiam" ou "serão tomadas”, “ocorrem" ou "serão alcançadas". As informações prospectivas baseiam-se em premissas, estimativas, análises e opiniões razoáveis da administração feitas à luz de sua experiência e sua percepção de tendências, condições atuais e desenvolvimentos esperados, bem como outros fatores que a administração acredita serem relevantes e razoáveis nas circunstâncias na data em que tais declarações são feitas, e estão inerentemente sujeitas a riscos conhecidos e desconhecidos,  incertezas e outros fatores que podem fazer com que os resultados reais, o nível de atividade, o desempenho ou as realizações da Empresa sejam materialmente diferentes daqueles expressos ou implícitos por tais informações prospectivas, incluindo, entre outros, riscos relacionados à incapacidade da Empresa de concluir a aquisição de equipamentos aqui contemplados no prazo,  a capacidade da Companhia de concluir um estudo de viabilidade positivo quanto à implantação de uma segunda linha RKEF no Araguaia no cronograma contemplado ou, de todo, riscos de exploração e mineração, concorrência de empresas com maior capital; a falta de experiência da Companhia em relação às operações de mineração em estágio de desenvolvimento; flutuações nos preços dos metais; riscos não segurados; requisitos ambientais e outros requisitos regulamentares; Licenças de exploração, extração de minérios e outras; as obrigações de pagamentos futuros da Empresa; potenciais disputas com relação ao título da Companhia e à área de suas concessões de mineração; a dependência da Companhia de sua capacidade de obter financiamento suficiente no futuro; a dependência da Companhia de suas relações com terceiros; as joint ventures da Companhia; o potencial de flutuações cambiais e instabilidade política ou econômica nos países em que a Companhia opera; flutuações cambiais; a capacidade da Empresa de gerir o seu crescimento de forma eficaz; o mercado de negociação das ações ordinárias da Companhia; incerteza em relação aos planos da Companhia de continuar a desenvolver suas operações e novos projetos; a dependência da Companhia em uma pessoa-chave; possíveis conflitos de interesse de diretores e diretoras da Companhia, e diversos riscos associados ao arcabouço legal e regulatório em que a Companhia atua, juntamente com os riscos identificados e relatados no registro de divulgação da Companhia disponível no perfil da Companhia no site do SEDAR: www.sedar.com,  incluindo, sem limitação, o formulário de informação anual da Companhia para o exercício finalizado em 31 de dezembro de 2021, o Relatório Araguaia e o Relatório Vermelho. Embora a administração da Empresa tenha tentado identificar fatores importantes que poderiam fazer com que os resultados reais diferissem materialmente daqueles contidos nas informações prospectivas, pode haver outros fatores que façam com que os resultados não sejam os esperados, estimados ou pretendidos. Não pode haver garantia de que tais declarações se provarão precisas, pois os resultados reais e os eventos futuros podem diferir materialmente daqueles previstos em tais declarações.