Click to return to the page
 
Horizonte Minerals Plc
   English Português  
Desenvolver o projeto de níquel principal seguinte no Brasil

Governança Corporativa

Práticas de Governança Corporativa

A Diretoria reconhece a importância de uma governança corporativa sólida, proporcional ao tamanho da Empresa e aos interesses dos Acionistas que, ao mesmo tempo, permita uma flexibilidade operacional. Na medida em que a Empresa for crescendo, os Diretores irão incrementando e desenvolvendo as políticas e procedimentos atuais em consonância com o Código de Boas Práticas (comumente conhecido como ‘Código de Governança Corporativa do Reino Unido‘), como publicado pelo Financial Reporting Council, desde que praticáveis e considerados adequados levando em conta o tamanho e a natureza da Empresa.

Responsabilidades dos membros da Diretoria

— Conforme o Código Combinado/Código de Boas Práticas, a Empresa é dirigida por uma Diretoria eficaz, que é coletivamente responsável por promover o sucesso da Empresa. A Diretoria estabelece os objetivos estratégicos da Empresa, seus valores e padrões, e garante que suas obrigações para com seus acionistas e outros sejam compreendidas e cumpridas.

— Todos os Diretores devem manter julgamento independente e tomar decisões de forma objetiva aos interesses da Empresa. Se os diretores tiverem alguma preocupação quanto à forma como a Empresa está sendo gerida ou quanto a qualquer ação que tenha sido proposta, eles devem se assegurar de que tais preocupações sejam registradas nas atas da Diretoria, caso elas não possam ser resolvidas.

— Os diretores não-executivos devem questionar e contribuir de forma construtiva para o desenvolvimento da estratégia, examinar o desempenho da gerência, e garantir a integridade das informações financeiras e que os controles financeiros e sistemas de gestão de riscos sejam sólidos e fundamentados. Os diretores não-executivos devem realizar reuniões separadas, sem a presença de diretores executivos ou do presidente. O alcance de suas responsabilidades está se ampliando, e os diretores não-executivos devem se comprometer a ter tempo suficiente para desempenhar seu papel, e devem divulgar quaisquer outros planos ou novos compromissos futuros.

A Diretoria

A Diretoria se reúne regularmente ao longo do ano. Para permitir que a Diretoria desempenhe suas funções, cada diretor tem acesso total a todas as informações relevantes e aos serviços do Secretário da Empresa. Se necessário, os Diretores Não-Executivos podem procurar uma consultoria profissional independente às custas da Empresa. A Diretoria atualmente conta com dois Diretores Não-Executivos. A Diretoria delega responsabilidades específicas aos comitês listados abaixo:

Comitê de Auditoria

O Comitê de Auditoria é formado por David Hall (Presidente), Owen Bavinton, William Fisher e Allan Walker. O comitê revisa os relatórios financeiros anuais da Empresa antes de submetê-los à aprovação da Diretoria. O comitê também revisa relatórios regulares da gerência e de auditores externos sobre contabilidade e outras questões de controle interno. Quando apropriado, o comitê monitora o progresso das ações conduzidas em relação a tais questões.

O comitê de auditoria se reúne anualmente.

Comitê de Remuneração

O Comitê de Remuneração é composto por David Hall (Presidente), William Fisher e Alan Walker. É responsável por inspecionar o desempenho dos Diretores Executivos e por estabelecer a escala e estrutura de sua remuneração, levando em conta os interesses dos acionistas como um todo e o desempenho da Empresa.

O Comitê de Remuneração se reúne anualmente.

Procedimentos de Controle

A Diretoria aprova todos os orçamentos financeiros e previsões de fluxo de caixa. Além disso, ela tem implementado procedimentos visando assegurar a observância das normas de contabilidade e da comunicação eficaz de informações, com revisão e fiscalização externas fornecidas pelos Auditores da Empresa.

Prestação de informações aos auditores

Tanto quanto sabem os Diretores, não há nenhuma informação relevante de auditoria da qual os auditores da Empresa não estejam cientes. Cada diretor toma as devidas providências para garantir que esteja ciente de tais informações relevantes, e que os auditores da Empresa também estejam cientes de tais informações.

Reunião Geral Anual

A Reunião Geral Anual é realizada anualmente. A reunião deste ano foi realizada às 14:30 no dia 31 de março de 2015.

NOMAD

Responsabilidades das empresas no AIM

O apoio às obrigações do Nomad (conselheiro nomeado da empresa) é um dos requisitos de conformidade para empresas listadas na AIM e seus diretores. Em particular, exige-se agora que uma empresa no AIM tenha procedimentos, recursos e controles suficientes que permitam que estejam conformes perante às regras do AIM.

Por exemplo:

— Ter procedimentos para identificar e relatar informações confidenciais sobre preços.

— Ter um código de negociação de ações que especifique quando as negociações não podem ser realizadas, e garantir que os diretores e funcionários relevantes compreendam suas obrigações sob este código.

— Garantir que os diretores estejam cientes de suas obrigações de revelar negociações de ações à empresa e outras questões relativas à sua posição pessoal (por exemplo, detalhes do envolvimento em empresas insolventes).

— Garantir que os diretores e outros funcionários chave estejam cientes das outras obrigações contínuas da empresa sob as regras do AIM.

 

O princípio de que uma empresa no AIM deva manter contato regular com seu Nomad e mantê-lo informado sobre questões que afetam a empresa também está no código — a empresa deve fornecer continuamente a seu Nomad todas as informações razoáveis pedidas ou requisitadas para que o Nomad possa desempenhar suas responsabilidades sob as regras do Nomad. Isso inclui alertar seu Nomad sobre qualquer proposta de mudança da diretoria e manter seu Nomad informado antes que ela seja feita.


© 2010—2017 Horizonte Minerals. Designed by Ilya Titov.   Twitter horizonteminerals   Twitter @horizontePLC   LinkedIn Horizonte Minerals